Caminhada em um pântano

pântano
Créditos: https://homensdopantano.wordpress.com

Ele chegou lentamente à poltrona do cinema, pouco após o início da sessão. Magro, bermuda azul, camisa branca, mesma cor que cobria completamente seus cabelos. Não devia ter uns 70 ou 75 anos.

Teve uma leve dificuldade para se adaptar à poltrona e seus controles, localizada ao meu lado em uma sala VIP em um cinema, situado em um shopping center local.

Apesar da idade, estava sozinho. Sem esposa. Sem esposo. Sem filhos. Sem netos. Sem ninguém.

Achei curioso o fato de alguém de sua idade estar desacompanhado. Incomum e, mais, inédito para mim.

Desde estes fatos, ocorridos no final de 2018, a lembrança deles vai se reforçando a cada vez em que bato com a cara na porta na tentativa de achar alguém em quem me apoiar até a morte.

Também não foram poucas vezes em que me empenhei em encontrar um suporte quando as presenças de família e amigos não me bastam. Só me lembram minha solidão.

Foram, ainda, muitas as ocasiões em que abandonei a procura. Isto cansa. Esgota. Drena forças. Forças que preciso para lidar com outras questões mais numerosas e mais urgentes.

Não direi que não buscarei mais nenhum alicerce afetivo porque solidão não te permite tomar decisões definitivas.

Algumas vezes, desisto, mas, apesar do que costumam dizer, desistir não é reconhecer derrota.

É poupar esforços para se adaptar à impossibilidade de mudar as circunstâncias.

Não existem força e perseverança nos moldes como você vê na maioria dos filmes de Hollywood.

É sentimentalismo imbecil, afastado da realidade. Pior, hipocrisia cinematográfica barata, porque você pode se sentir só numa multidão de 1 milhão de pessoas.

Por vezes, mesmo quando não quero, me recordo daquele senhor de bermuda azul e camisa branca, andando lentamente da sala de cinema em direção à saída do shopping, como se estivesse caminhando em um terreno pantanoso.

Sem ninguém.

Vi-me daqui a alguns 30 ou mais anos nele, andando no meu próprio pântano.

Da mesma forma, somente com minha própria companhia.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s