Sobre lutos e apoio

Perdi a audição em 10 de julho de 2010. Por mais que eu não queira, vêm-me à mente recordações de uma perda que mudou minha vida. Hj, quase 9 anos ainda estou tentando aprender como lidar com ela. Afinal, perdas são lutos. E alguns são eternos. Mas isto não é sobre lutos. Hj, enqto arrumava […]

Todos os loucos do mundo (Clarice Falcão)

Não preciso ouvir pra saber o que isso significa… De todos os loucos do mundo eu quis você Porque eu tava cansada de ser louca assim sozinha De todos os loucos do mundo eu quis você Porque a sua loucura parece um pouco com a minha Você esconde a mão, diz que é Napoleão Boa […]

Caminhada em um pântano

Ele chegou lentamente à poltrona do cinema, pouco após o início da sessão. Magro, bermuda azul, camisa branca, mesma cor que cobria completamente seus cabelos. Não devia ter uns 70 ou 75 anos. Teve uma leve dificuldade para se adaptar à poltrona e seus controles, localizada ao meu lado em uma sala VIP em um […]

A pedra e o tsunami

Queria ser uma pedra insensível. Mais lógica Menos emoção Mais estático Menos reativo Mais fácil. Menos complicado Mais prático Menos desgastante. Mais brisa Menos furacão Mais simples vibração Menos terremoto Mais alto mar. Menos tsunami. Menos eu. Muito menos nenhum. Queria ser menos um.

Tabacaria

Álvaro de Campos (Heterônimo de Fernando Pessoa) Portugal, em 15 de outubro de 1890 Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo. Janelas do meu quarto, Do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é (E […]